Sala das caldeiras de alta pressão, Babcock & Wilcox

Sala das Caldeiras de Alta Pressão da Central Tejo

A sala das caldeiras contém as quatro últimas caldeiras geradoras de vapor de alta pressão que estiveram ao serviço na Central Tejo e cujo último registo data de 14 de Agosto de 1972, dia em que se meteu fogo na fornalha da caldeira nº 15 pela última vez.
A instalação na Central Tejo de equipamento de maior potência e de melhor rendimento, constituiu sempre ao longo da vida da central, o corolário natural do crescimento acentuado dos consumos de electricidade em todas as áreas de utilização: força motriz industrial, sector doméstico e iluminação pública.
Mas é a partir da década de 1930 que esse crescimento se acentua levando a Central Tejo mais uma vez a aumentar a sua de potência, e desta forma no inicio da década seguinte já a central trabalha em regime de alta pressão.
Estas quatro caldeiras de 40 kg/ cm2 a 460 ºC que estão patentes ao público, foram encomendadas pelas Companhias Reunidas de Gás e Electricidade (CRGE), em Junho de 1938 ao fornecedor habitual BABCOCK & WILCOX, cujas enormes dimensões, exigiram a construção do maior edifício de todo o conjunto - o Edifício de Caldeiras de Alta Pressão e entraram em funcionamento, primeiro, em 1941, as caldeiras 12,13 e 14, e por último, em 1951, a caldeira 15.

Fabricante:

BABCOCK & WILCOX

Época de Fabrico:

1939-1951

Parceiro:

Fundação EDP

O que pode ver

  • Sala das caldeiras de alta pressão, Babcock & Wilcox Sala das caldeiras de alta pressão, Babcock & Wilcox
  • Caldeira de alta pressão-patamar dos silos alimentadores de carvão Caldeira de alta pressão-patamar dos silos alimentadores de carvão
  • Interior de caldeira de alta pressão-sobreaquecedor Interior de caldeira de alta pressão-sobreaquecedor
  • Interior de caldeira de alta pressão-vaporizador Interior de caldeira de alta pressão-vaporizador
  • Barrilete da caleira de alta pressão nº 15 Barrilete da caleira de alta pressão nº 15
  • Fogueiro a intervir na fornalha da caldeira nº 15 Fogueiro a intervir na fornalha da caldeira nº 15